RPG de Mesa pais devem incentivar seus filhos

Pais deveriam incentivar seus filhos a jogar RPG de mesa

Há uma preocupação constante por parte dos pais a respeito do tempo que seus filhos passam jogando videogames, assistindo séries, dentre outras coisas, afinal, pais são preocupados, é isso o que eles fazem! Se preocupam.

Os filhos por outro lado precisam encontrar diversão em algo nesse mundo e os games são um forte atrativo quando o assunto é ocupar o tempo ocioso.

Porém, há um jogo em especial cujos benefícios parecem ser unanimidade na comunidade científica: o RPG de mesa. E para demonstrar o porquê disso com clareza, elaboramos uma pequena lista de benefícios que podem ser alcançados por qualquer pessoa ao adotar este hobby:

Criatividade e Imaginação

O RPG de mesa estimula a criatividade e a imaginação dos jogadores, afinal, eles precisam criar seus próprios personagens e constantemente interpretar ações, falas e utilizar do improviso para sair de situações complicadas.

Trazendo isso para o campo do desenvolvimento pessoal, o jogo de RPG de mesa pode aprimorar as habilidades de comunicação em público, a argumentação, o pensamento crítico, raciocínio lógico e também a capacidade de improviso.

Cooperação e Trabalho em Equipe

O RPG é um jogo cooperativo onde não há competição, mas sim o trabalho entre os amigos para alcançar um objetivo em comum.

Em um mundo que pede cada vez mais pela capacidade das pessoas de se relacionarem umas com as outras de modo cooperativo, desenvolver essas habilidades pode ser um grande diferencial.

Leitura, Matemática e Estratégia

Talvez este seja o único jogo, ou um dos poucos, que exigirá muita leitura dos jogadores. Isso porque para jogar será preciso ler muitos livros, contos, histórias de ficção e fantasia, além de analisar um conjunto de regras pré-estabelecidas.

É nesse contexto que entra a matemática e a lógica, pois criar os personagens e enfrentar monstros épicos durante batalhas e aventuras fará com que os jogadores tenham que executar cálculos de adição, subtração, multiplicação, divisão, porcentagem, dentre outros.

Além disso, rapidamente o jogador observa a necessidade de distribuir seus pontos de forma lógica, aprimorando suas habilidades cognitivas.

Concentração e Capacidade de Resolver Problemas

O RPG é um jogo que exige concentração e boa memória, além da capacidade para resolver problemas. O jogador terá que lidar com enigmas e testar sua memória diversas vezes.

Será preciso também resiliência quando as coisas não dão certo, buscando formas de contornar esses problemas para alcançar o objetivo do jogo.


Esses são alguns dos motivos pelos quais todos os pais deveriam apresentar o RPG de mesa para os seus filhos, porém, existem muitos mais.

Caso tenha lembrado de algum que não está aqui, deixe nos comentários.